De Mexico con amor… y mucho picante

Quando pensamos no México vem-nos à cabeça mil e uma coisas: homens de bigode, os incas, os aztecas e os maias, ponchos e grandes chapéus coloridos de palha, sol, os mariachi, o Breaking Bad (é inevitável), gente sorridente e a saborosa, colorida e picante comida. Sim, comida e da muito boa. Foi então com todos estes aspetos em mente (ok, se calhar focamo-nos mais nas características da gastronomia) que, este mês, aproveitamos o vale de desconto que a Time Out ofereceu e visitámos o restaurante mexicano, Frida.

Este é um género de comida que já tínhamos experimentado há uns meses e nos tinha deixado alegremente satisfeitos: picante, encorpada, saborosa e muito mas muito suculenta. Mesmo que não sejas grande fã de comida mais condimentada, podes optar por pratos mais suaves mas sem nunca perderem o sabor.

Fomos então ao Frida. Ainda que à primeira vista possa passar despercebido dada a fachada sóbria que tem, quando nos apercebemos de que chegamos, começamos a sentir a atmosfera mexicana ao seu mais alto nível. A decoração, deixa-nos que te diga, é lindíssima. Tem uma das paredes pintada de escuro, mas ornamentada de quadros garridos e grandes. A outra está forrada a jornais com notícias mexicanas e alguns quadros improvisados dessas mesmas notícias. Janta-se a média luz e com uma música ambiente muito típica e nada cansativa. De acrescentar que a comida – e engane-se quem achar que serão apenas nachos e tacos – é, tal como está indicado no Facebook deles, comida mestiça, de fusão com toques necessários diferentes mas sem nunca perder o essencial da comida mexicana.

Quando nos apresentaram o menu, já íamos “filados” numa entrada vista na página de Facebook do restaurante e que nos pareceu, no mínimo, impossível de não provar. O “Queso Fundido com Chorizo Picante” é aquele pedido que têm, obrigatoriamente, que fazer. Este pecado vem num pequeno tachinho a ferver e acompanhado de umas tortillas de trigo quentinhas e acabadas de fazer que servem de cama aquele gratinado delicioso e verdadeiramente pecaminoso.
Mas não ficamos por ali. Não! Pedimos, também para entrada, uns “Taquitos de Carnitas” que, a acompanhar, trazem três acompanhamentos: coentros, cebola picada e um molho picante. A carne de lombo de porco, meu Deus, estava super suculenta, saborosa e as tortillas de trigo que serviam de cama, faziam com que tudo se tornasse ainda melhor.

Ainda que já estivéssemos ligeiramente satisfeitos, ainda esperamos pelo prato principal. Cada um de nós, pediu um Tamale que é, nada mais nada menos do que, um preparado de farinha de milho que envolve um recheio e é embrulhada e cozinhada numa folha de bananeira. A Gorda pediu o Tamale de frango e o Gordo o de queijo. Ambos deliciosos e acompanhados de lâminas de banana frita e feijão preto aromatizado de coentros. É um prato mole e ligeiramente pastoso o que, para algumas pessoas, pode ser um problema mas não deixa de ser apetitoso.

Este é, para já, o melhor restaurante a que fomos tanto a nível de ambiente como de comida. Ficámos fãs da cozinha mexicana e do quão confortáveis e em casa nos sentimos no Frida. A nível de preço, não é propriamente barato mas é justíssimo para a qualidade, quantidade de comida e simpatia que apresentam. Este é, sem dúvida, um daqueles espaços que nos voltarão a receber.

Frida - Cocina Mestiza Menu, Reviews, Photos, Location and Info - Zomato


Frida_Score

Anúncios

3 thoughts on “De Mexico con amor… y mucho picante

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s